Concursos

Raciocínio Analítico no TCE/RS: que matéria é essa?

Olá, Pessoal, tudo bem? Aqui é o Professor Thiago Cardoso. Hoje eu gostaria de falar sobre Raciocínio Analítico, matéria prevista no edital do TCE/RS.

Pois bem, Raciocínio Analítico se diferenciar do Raciocínio Lógico, pois este último se refere à chamada Lógica Formal, enquanto que o primeiro se refere à Lógica Informal.

Embora pouco conhecida em concursos, essa matéria é bastante conhecida nas provas de GMAT que são indispensáveis para você ter MBA no exterior.

Em Raciocínio Lógico, você deverá extrair conclusões a partir de premissas. Vejamos um exemplo.

“Todo homem é mortal
Sócrates é homem
Conclusão: Sócrates é mortal”

Porém, em Raciocínio Analítico, você passará a questionar as premissas. Eu separei várias questões com resoluções de Raciocínio Analítico. Entre as questões e as respostas, eu coloquei imagens para que você possa pensar na questão antes de ver a resposta. Tá certo?

Vamos começar por duas questões cobradas no ICMS/SP pela banca FCC.

Considere o texto abaixo para responder às 2 questões seguintes.

USP usa raios gama para esterilizar mosquito transmissor da dengue

Enquanto na ficção a radiação gama conferiu poderes extraordinários ao Incrível Hulk, na vida real ela ajuda a dificultar a vida do mosquito da dengue, prejudicando sua capacidade reprodutiva. Cientistas do CENA (Centro de Energia Nuclear na Agricultura) da USP de Piracicaba desenvolveram uma técnica que usa radiação para tornar o Aedes aegypti estéril. Usando uma fonte de Cobalto-60, os pesquisadores fazem uma espécie de “bombardeio” de raios gama no inseto. A técnica, chamada de irradiação, já tem uso consagrado em várias outras aplicações, inclusive na indústria de alimentos. A dose de radiação usada é considerada baixa e não mata o mosquito, mas é suficiente para torná-lo estéril. “A técnica é perfeitamente segura. Não há risco para o ambiente, porque a radiação não deixa nenhum tipo de resíduo perigoso”, explica Valter Arthur, coordenador do estudo. A irradiação é feita só nos mosquitos machos, quando eles atingem a chamada fase pupa, em que já estão com todos os órgãos formados, mas ainda não são adultos. (…) Depois do processo, os mosquitos irradiados são soltos no ambiente, onde competirão com os machos normais pela cópula com as fêmeas. As relações chegam a acontecer, mas os ovos decorrentes delas não eclodem, o que ajuda a controlar a população dos insetos.

(MIRANDA, Giuliana. USP usa raios gama para esterilizar mosquito transmissor da dengue. Folha de S. Paulo, São Paulo, p.8C, jan.2013)

1) (FCC – ICMS/SP – 2013) De acordo com a continuação da reportagem, que não foi fornecida no trecho acima, os cientistas do CENA ainda precisam realizar um teste para verificar a efetividade da técnica descrita. Dentre os fatos abaixo, qual é o único que poderia comprometer essa efetividade, caso fosse verificado?

(A) Os mosquitos que sofreram a irradiação passam a voar mais rapidamente que os demais.

(B) A radiação afeta o metabolismo dos mosquitos, que passam a ter um ciclo de vida mais longo.

(C) As fêmeas do mosquito são incapazes de distinguir os mosquitos irradiados dos demais.

(D) A radiação afeta as fêmeas do mosquito durante a cópula, podendo torná-las estéreis.

(E) Os exemplares estéreis do mosquito são bem menos competitivos sexualmente do que os outros.

 

2) (FCC – ICMS/SP – 2013) A partir do texto, pode-se inferir que a dose de radiação usada deve ser baixa porque

(A) os mosquitos irradiados devem manter sua capacidade de copular.

(B) a técnica desenvolvida poderá ser utilizada na indústria de alimentos.

(C) todos os órgãos dos mosquitos expostos a ela já estão formados.

(D) os insetos expostos à fonte de Cobalto-60 estão na fase pupa.

(E) uma dose alta de radiação gama ajudaria a vida do mosquito.

Solução:

1) Nem todos os mosquitos serão irradiados. Porém, se os mosquitos estéreis competirem sexualmente, isso vai diminuir bastante a probabilidade de acasalamento entre dois mosquitos férteis. Por exemplo, se 50% dos mosquitos forem estéreis, um acasalamento entre dois mosquitos férteis tem probabilidade de ocorrência de apenas 25% (0,50.0,50).

No entanto, essa probabilidade será sensivelmente modificada se os mosquitos estéreis forem pouco competitivos sexualmente. Nesse caso, eles não competiriam pelo acasalamento e os mosquitos que continuassem férteis continuariam a propagação da espécie.

2) Sendo assim, a dose de radiação deve ser baixa para que os mosquitos mantenham o interesse e a capacidade de copular. Isso fará que eles participem da competição sexual e diminuirá a capacidade de crescimento da população de mosquitos.

Gabaritos: E-A

Situação: Uma famosa marca de refrigerantes de cola tem perdido muito espaço nas suas vendas para uma concorrente que vende energéticos. A marca de energéticos frequentemente faz grandes propagandas envolvendo esportes radicais e um estilo de vida ativo. Outras marcas copiaram essa divulgação e conseguiram vender outras bebidas com muito sucesso, incluindo não apenas energéticos, mas também sucos, proteínas líquidas e águas especiais.

Perguntas:

3) A marca de refrigerantes de cola está considerando adotar esse tipo de publicidade. Porém, qual seria o fator que, se verdadeiro, deveria fazer que essa marca desistisse desse tipo de publicidade?

a) Pessoas que se atraem por esportes radicais e um estilo de vida ativo não se interessem por beber refrigerantes de cola.

b) Pessoas que tomam energéticos podem ser diferentes das pessoas que tomam refrigerantes de cola.

c) Os refrigerantes de cola continuam fazendo sucesso e possuem a maior parte do mercado, mesmo com o crescimento.

d) A margem de lucro dos refrigerantes de cola é superior à margem de lucro dos energéticos.

Solução: Se as pessoas que se atraem pelas propagandas com esportes radicais não se interessam por refrigerantes de cola por associá-los à vida sedentária, por exemplo, seria inútil fazer esse tipo de propaganda.

Por outro lado, é interessante o erro da b). É bem possível que uma pessoa mesma tome energéticos e refrigerantes de cola (meu caso, por exemplo). Eu tomo energético quando quero malhar ou fazer alguma atividade física ou mental que demanda grande esforço. E tomo refrigerantes no final de semana para descansar.

Então, o problema da propaganda não é a pessoa em si, mas com o quê ela associa o refrigerante. A letra a) é a resposta.

 

Vamos ver mais um exemplo. Espero que você esteja gostando de estudar essa matéria.

Situação: Em um determinado país, houve grandes protestos de caminhoneiros descontentes com o preço do combustível e com a queda no preço do frete. Preocupados com a sua situação, o governo resolveu publicar uma proposta de lei concedendo subsídios para que os caminhoneiros pudessem comprar novos caminhões que tivessem um custo de manutenção menor que os caminhões antigos, incluindo menos consumo de combustível. Quais informações a seguir que, se verdadeiras, mostrariam que essa lei poderia surtir o efeito contrário ao esperado?

I –  Muitos caminhoneiros experientes não gostariam de fazer dívidas, mesmo que elas fossem subsidiadas.

II – O número de caminhoneiros poderia aumentar, pois seria mais fácil comprar caminhões.

a) Nenhuma.

b) Apenas I

c) Apenas II

d) I ou II, mas não ambas não podem ocorrer simultaneamente

e) I e II, podendo inclusive acontecer simultaneamente.

Resultado de imagem para caminhões parados

Solução: 

I – Se os caminhoneiros não quiserem fazer dívidas, eles não vão comprar caminhões e a política de subsídios será inútil. Certo.

II – Se houver mais caminhoneiros, o preço do frete vai cair e, com isso, a descontentamento deles vai se manter. Certo.

É importante reparar que as duas condições poderiam ser simultâneas. É bem possível que os caminhoneiros atuais não queiram contrair mais dívidas e, por isso, eles permaneçam descontentes com a medida do governo. Porém, é possível que outras pessoas que hoje não possuem caminhões possam se interessar pelo subsídio e isso acarrete aumento do número de caminhões.

Como analista econômico, posso dizer, inclusive, que foi exatamente isso o que aconteceu no Brasil desde 2009 com o Programa de Subsídios à Infraestrutura (PSI). Muitos caminhoneiros experientes não aderiram à política de subsídios, porque já esperavam que, em algum momento, fosse falhar e eles acabassem ficando com as dívidas.

Porém, muitos novatos e muitas empresas passaram a comprar mais caminhões, aumentando bastante a quantidade de caminhões no mercado.

É bem possível que muitos caminhoneiros experientes, já prevendo essa situação, não quiseram se arriscar, fazer dívidas e investir em caminhões sabendo que, fatalmente, os preços dos fretes iriam cair devido ao aumento da concorrência.

 

Percebeu como o Raciocínio Analítico te faz pensar um pouco além? Vamos ver mais um exemplo.

Situação: Eu sou um criador de peixes Banggai. Eles são vendidos muito jovens e criadores inexperientes não conseguem distinguir o macho da fêmea. Como eu quero reproduzir, eu quero comprar uma quantidade de peixes que garanta que eu vou ter pelo menos um casal.

Perguntas:

5) Se eu comprar quatro peixes, qual é a probabilidade de ter pelo menos um casal?

6) Qual fator externo que eu não levei em conta na minha conta pode diminuir significativamente a probabilidade anterior.

Resultado de imagem para Cardinal Banggai

Resposta:

1) A primeira questão é uma tradicional questão de Probabilidade e Estatística. Supondo que a probabilidade de um peixe ser macho ou fêmea é de 50%, a única chance de não termos pelo menos um casal é se todos forem do mesmo sexo.

O primeiro peixe pode ser de qualquer sexo. Mas o segundo peixe deve ser do sexo do primeiro (50%), o terceiro também deve ser do mesmo sexo (50%) e o quarto também (50%).

P(todos do mesmo sexo) = 1.0,50.0,50.0,50 = 0,125

Agora, podemos calcular a probabilidade de termos pelo menos um casal por exclusão.

P(pelo menos um casal) = 1 – 0,125 = 0,875 = 87,5%

 

2) Perceba que, no item anterior, calculamos que a probabilidade de pelo menos um casal era de 87,5%, supondo que a probabilidade de o peixe ser macho ou fêmea era de 50%.

Porém, e se a loja que me venderá os peixes for de um criador experiente que saiba distinguir o sexo dos peixes e que queira me vender de propósito somente machos ou somente fêmeas? Se for esse o caso, ele poderia simplesmente me vender quatro machos e eu não conseguiria formar um casal. Eu estaria sendo enganado, pois, como eu não consigo saber a diferença, acabei aceitando os peixes como se fossem de sexo aleatório.

Felizmente, no meio do aquarismo, tal conduta não é comum.

 

Bom, Amigos, espero que vocês tenham gostado desse artigo explicando essa interessantíssima matéria. Gostaria de dizer que eu acredito que ela será cada vez mais comum em concursos públicos, porque a parte de Raciocínio Lógico já ficou muito batida e o Raciocínio Analítico permite questões muito mais práticas e muito mais diversificadas.

É uma matéria pela qual eu sou apaixonado. Gostaria de aproveitar a ocasião para convidar você para o webinário na próxima Quinta-Feira, dia 31 de Maio, sobre o edital do TCE/RS em que eu vou fazer uma análise do edital junto com os professores Ricardo Alexandre e Vinícius Nascimento.

Data: 31 de Maio
Horário: 19h
Local: Canais do Portal RA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×