Destaque do blog

Prova comentada de Contabilidade Pública ISS São Luís

PROVA COMENTADA DE CONTABILIDADE PÚBLICA ISS SÃO LUÍS

Olá pessoal, tudo bem? Sou o Prof. Vinícius Nascimento, professor de AFO e Contabilidade Pública do portal Ricardo Alexandre. Estou aqui para trazer a prova comentada de Contabilidade Pública ISS São Luís! Vamos lá!!!!

O resultado da execução orçamentária é a diferença entre a receita ARRECADADA e a despesa EMPENHADA. portanto temos:

Arrecadação de receita tributária – R$900.000,00

Recebimento de transferências de capital voluntárias do governo federal no valor de R$1.100.000,00

Total: 2.000.000

Despesa empenhada

−  Empenho, liquidação e pagamento de despesas com pessoal e encargos sociais no valor de R$1.850.000,00.

−  Empenho de despesas correntes com outros serviços de terceiros − pessoa jurídica no valor de R$ 84.000,00. Os serviços foram prestados no mês de junho de 2018.

Total: 1.934.000

Resultado da execução orçamentária: 2.000.000 – 1.934.000 = 66.000

Gabarito: letra D

O resultado patrimonial é apurado quando se confrontam as variações aumentativas e diminutivas. Portanto, devemos ficar atentos aos estágios do lançamento da receita e da liquidação da despesa (variações patrimoniais decorrentes da execução orçamentárias), bem como variações patrimoniais que não decorrem da execução do orçamento, como consumo de material de consumo, depreciação, perda ao valor recuperável, variação cambial, dentre outras. Vale lembrar que fui bem categórico quanto a esse detalhe em nosso curso de questões comentadas da FCC 😉

Variações aumentativas:

−  Lançamento de receita de serviços, prestados no mês de maio de 2018, no valor de R$ 600.000,00.

− Lançamento e recebimento de transferências de capital voluntárias do governo federal no valor de  R$1.100.000,00.

Total: 1.700.000

Variações diminutivas:

−  Liquidação de despesas com pessoal e encargos sociais no valor de R$1.850.000,00.

−  Utilização de material de consumo no valor de R$88.000,00.

Total: 1.938.000

Resultado patrimonial – 1.700.000 – 1.938.000 = -238.000

Gabarito: letra C

Para encontrar a VPD decorrente de depreciação, precisamos encontrar a taxa de depreciação. A forma de calcular é a mesma da contabilidade privada.

Valor contábil: 360.000

Valor residual: 90.000

Valor depreciável: 270.000

Vida útil: 15 anos

Taxa de depreciação anual: 270.000/15 = 18.000

Taxa de depreciação mensal: 18.000/12(meses) = 1.500

O referido equipamento depreciou 11 meses no exercício de 2017 (fevereiro a dezembro, já que foi reconhecido no final de janeiro), portanto temos a depreciação no exercício de 11 x 1.500 = 16.500

Gabarito: letra E

Questão maldosa da banca. As contas do PCASP possuem 7 níveis: classe, grupo, subgrupo, título, subtítulo, item e subitem. A banca quer saber qual SUBGRUPO essas contas pertencem. Então já descartamos as letra C, D e E, pois ativo é classe, e o ativo circulante é grupo do ativo.

A conta “Créditos Tributários a Receber” é de curto prazo. Já a conta “Juros e Encargos de Empréstimos Internos Concedidos” é do subgrupo de mesmo nome.

Gabarito: letra A

Para calcular o resultado financeiro, basta  somar todas as receitas orçamentárias e extraorçamentárias e deduzir de todas as despesas orçamentarias e extraorçamentárias. Então temos:

Receita orçamentárias arrecadada: 207.000.000

Receita extraorçamentária:

Depósito em caução – 4.500.000

Inscrição de restos a pagar (art. 103, parágrafo único da Lei 4.320/64) – 35.000.000

Total: 246.500.000

Despesas orçamentarias empenhadas – como houve um superávit da execução orçamentária, isso significa que a receita arrecadada superou a despesa empenhada em 12.000.000. Portanto, para achar a despesa empenhada, basta pegar a receita arrecadada e diminuir 12.000.000. Então temos 207.000.000 – 12.000.000 = 195.000.000

Despesa extraorçamentária (pagamento de restos a pagar): 23.000.000

Total: 218.000.000

Resultado financeiro: 246.500.000 – 218.000.000 = + 28.500.000

Gabarito: letra B

Então é isso pessoal. Finalizamos a prova comentada de contabilidade pública ISS São Luís. Prova com um nível médio, principalmente por ser da área fiscal, mas que abordamos 100% em nosso curso de questões comentadas aqui no portal RA. Espero que tenham ido bem e sucesso no novo cargo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×