Conheça as bancas mais temidas em concursos públicos

maio 18, 2019
Categoria: Concursos
As bancas de concursos públicos são conhecidas por serem instituições responsáveis  pelo desenvolvimento das etapas que fazem parte dos processos seletivos públicos. Desta forma, estar por dentro dos detalhes sobre a banca do concurso escolhido é uma grande maneira de se dar bem na hora da prova. Mas você sabe qual é a importância de conhecer as bancas de concurso? Quais são as mais temidas e as mais utilizadas em território nacional? Se você é concurseiro e está preocupado com este tema encontrou o lugar correto para tirar todas as dúvidas. Acompanhe o artigo, e fique por dentro de tudo que precisa saber sobre as bancas mais temidas em concursos públicos. Neste artigo você irá ver:
  • O que são bancas de concurso?
  • Qual a importância de conhecer as bancas examinadoras?
  • Quais as bancas mais temidas em concursos públicos?
  • Quais as vantagens de disciplinas isoladas em concursos públicos?

Quais as bancas mais temidas em concursos públicos?

Conhecer ao menos basicamente a banca examinadora do certame é uma forma de direcionar melhor os seus estudos. Por exemplo: Algumas delas costumam enfatizar textos de lei, enquanto outras a jurisprudência  ou a doutrina jurídica. Estar atento a linha que será seguida pela banca torna ainda mais fácil a maneira de traçar as estratégias do plano de estudo. Atualmente, há diversas bancas de concursos. Entretanto, algumas destacam-se por ser responsáveis pelos maiores concursos do país, sendo famosas entre os concurseiros. Sendo assim, vamos conhecer as bancas mais temidas em concursos públicos. Confira abaixo!

#1 – Fundação Carlos Chagas (FCC)

A FCC realiza concursos federais, estaduais e municipais. Segundo os professores, as questões das provas geralmente não são inteiramente objetivas e, por mais que sejam extensas, não possuem muito mistério. Apesar de temida, ela é considerada uma banca fácil de conquistar a aprovação. O que mais chama a atenção dos candidatos são as provas de português e de direito, as quais costumam ser bem equilibradas e exigir um certo nível de análise e conhecimento literal das leis. Além disso, a FCC costuma não deixar nenhum item do edital de fora. O fato é sempre atentar-se as “pegadinhas”, pois  a banca é conhecida por isso. Outra dica importante é que o candidato treine bem a escrita de redações e decore as leis. Use provas anteriores para ajudar!

#2 – CESPE

A banca CESPE é considerada a mais temida pelos concurseiros. Ela é famosa por realizar concursos do Banco do Brasil, dentre outras provas importantes. Em relação às questões, esta banca é multidisciplinar e complexa. As provas de português costumam ser longas e cansativas, então cuidado com o tempo. A banca Cespe aposta em questões em que é preciso assinalar certo e errado nos enunciados e isso pede atenção redobrada dos candidatos. Por consequência, ela torna-se temida pois anula a questão inteira se o concurseiro errar apenas parte da resposta. Além disso, os concurseiros devem estar afiados em atualidades, pois a banca CESPE costuma cobrar muito sobre isso.

#3 – CESGRANRIO

A banca Cesgranrio costuma realizar os concursos da Petrobras, de bancos, e do IBGE, com vagas excelentes e bastante disputadas. O nível de cobrança desta banca é médio e ela é conhecida por ser metódica, apresentando provas separadas por disciplinas. As questões da CESGRANRIO são complexas e parecidas com as da banca CESPE. Todavia, esta banca aposta em gráficos e imagens nas questões de atualidades, raciocínio e de interpretação. Outro ponto importante a ser revelado é sobre a cobrança no inglês, que é grande! Portanto, não deixe esta matéria para trás!

#4 – Fundação Getulio Vargas (FGV)

A banca examinadora FGV realiza concursos da Polícia Civil do Rio de Janeiro, câmaras municipais e secretarias, e é extremamente conhecida pela realização da prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Os especialistas em concursos públicos afirmam que, a banca é um pouco imprevisível e portanto não podemos seguir um padrão de estudos para ela. Todavia, a banca mantém algumas características como textos longos para interpretação de texto e gramática. Assim como em provas de direito, cobra casos práticos e questões multidisciplinares envolvendo texto de lei. Com esta banca, o candidato deve estar atento ao edital por completo, e não deixar nenhuma informação de fora.

#5 – ESAF

A banca ESAF é considerada bastante polêmica, e por isso acaba colocando medo nos concurseiros. Ela costuma realizar os concursos da Fazenda e do Tesouro Nacional. e acaba tendo um grande volume de recursos, o que atrasa o andamento da seleção. Em relação às questões, as mesmas são bem elaboradas e complexas, com estudos de casos de direito e cobrança da letra de lei. Em suma, as provas são direcionadas para candidatos bem preparados, porque possuem um nível de médio para alto. Assim como em outras bancas, na ESAF é importante realizar provas anteriores antes de direcionar o planejamento de estudos e conteúdos.

Entenda as vantagens de disciplinas isoladas ao estudar concursos públicos

De acordo com a banca e o edital,  quando você inicia a sua preparação para concursos públicos nota que algumas disciplinas têm maior peso nos editais, enquanto outras não. As disciplinas isoladas são matérias que geralmente caem em todas as provas de concursos públicos. Algumas das principais vantagens das disciplinas isoladas são:
  • Não se limitar apenas a um edital, o que permite a preparação para mais cargos.
  • Foco aos estudos
  • Preparação para concursos futuros
  • Tempo maior para outras matérias
Descubra aqui mais algumas vantagens das disciplinas isoladas e como elas otimizam a preparação para concursos.