Concurso TCE RO: Edital publicado com vagas para Analista e Auditor

Concurso TCE RO: Edital publicado com vagas para Analista e Auditor

Foi publicado, nesta sexta-feira (26/07/2019), o edital para o concurso do Tribunal de Contas de Rondônia – Concurso TCE RO

O Concurso TCE RO ofertará 13 vagas imediatas mais cadastro de reserva para os cargos de Auditor de Controle Externo e Analista de Tecnologia da Informação

Quem tiver interesse nesta seleção deve acessar o site da banca organizadora, CESPE/CEBRASPEentre os dias 2 e 21 de agosto. Confira as principais informações do edital abaixo:

Informações Gerais do Concurso TCE RO 2019

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

  • Provas: 20/10/2019
  • Edital: ED_1__2019_TCE_RO_ABERTURA
  • Banca: CESPE / CEBRASPE
  • Vagas: 5
  • Remuneração: R$ 8.646,36 (composição: vencimento básico no valor de R$ 5.940,77, auxíliotransporte, no valor de R$ 266,40; auxílio-saúde condicionado, no valor de R$ 291,62; auxílio-saúde direto, no valor de R$ 828,61, e auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.318,96).
  • Taxa de inscrição: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: ADMINISTRAÇÃO

  • Provas: 20/10/2019
  • Edital: ED_1__2019_TCE_RO_ABERTURA
  • Banca: CESPE / CEBRASPE
  • Vagas: 1
  • Remuneração: R$ 11.483,67 (composição: vencimento básico no valor de R$ 5.940,77, auxílio transporte, no valor de R$ 266,40; auxílio-saúde condicionado, no valor de R$ 291,62; auxílio-saúde direto, no valor de R$ 828,61, e auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.318,96, e R$ 2.837,31 referente à concessão de verba nos termos do § 1º, art. 2º, da Lei Complementar nº 692/2012). O auditor também faz jus à gratificação de produtividade, que é devida quando a produção mensal do servidor exceder 415 pontos, podendo alcançar o máximo de 830 pontos (artigo 1º, inciso I, da Resolução 33/06-TCER). Cada ponto de produção equivale a R$ 1,78, conforme o artigo 2º da Resolução 33/06-TCER. Assim, o auditor poderá obter até R$1.477,40 a título de produtividade, alcançando remuneração de R$12.961,07
  • Taxa de inscrição: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

 

 AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

  • Provas: 20/10/2019
  • Edital: ED_1__2019_TCE_RO_ABERTURA
  • Banca: CESPE / CEBRASPE
  • Vagas: 1
  • Remuneração: R$ 11.483,67 (composição: vencimento básico no valor de R$ 5.940,77, auxílio transporte, no valor de R$ 266,40; auxílio-saúde condicionado, no valor de R$ 291,62; auxílio-saúde direto, no valor de R$ 828,61, e auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.318,96, e R$ 2.837,31 referente à concessão de verba nos termos do § 1º, art. 2º, da Lei Complementar nº 692/2012). O auditor também faz jus à gratificação de produtividade, que é devida quando a produção mensal do servidor exceder 415 pontos, podendo alcançar o máximo de 830 pontos (artigo 1º, inciso I, da Resolução 33/06-TCER). Cada ponto de produção equivale a R$ 1,78, conforme o artigo 2º da Resolução 33/06-TCER. Assim, o auditor poderá obter até R$1.477,40 a título de produtividade, alcançando remuneração de R$12.961,07
  • Taxa de inscrição: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: DIREITO

  • Provas: 20/10/2019
  • Edital: ED_1__2019_TCE_RO_ABERTURA
  • Banca: CESPE / CEBRASPE
  • Vagas: 1
  • Remuneração: R$ 11.483,67 (composição: vencimento básico no valor de R$ 5.940,77, auxílio transporte, no valor de R$ 266,40; auxílio-saúde condicionado, no valor de R$ 291,62; auxílio-saúde direto, no valor de R$ 828,61, e auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.318,96, e R$ 2.837,31 referente à concessão de verba nos termos do § 1º, art. 2º, da Lei Complementar nº 692/2012). O auditor também faz jus à gratificação de produtividade, que é devida quando a produção mensal do servidor exceder 415 pontos, podendo alcançar o máximo de 830 pontos (artigo 1º, inciso I, da Resolução 33/06-TCER). Cada ponto de produção equivale a R$ 1,78, conforme o artigo 2º da Resolução 33/06-TCER. Assim, o auditor poderá obter até R$1.477,40 a título de produtividade, alcançando remuneração de R$12.961,07
  • Taxa de inscrição: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: ECONOMIA

  • Provas: 20/10/2019
  • Edital: ED_1__2019_TCE_RO_ABERTURA
  • Banca: CESPE / CEBRASPE
  • Vagas: 1
  • Remuneração: R$ 11.483,67 (composição: vencimento básico no valor de R$ 5.940,77, auxílio transporte, no valor de R$ 266,40; auxílio-saúde condicionado, no valor de R$ 291,62; auxílio-saúde direto, no valor de R$ 828,61, e auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.318,96, e R$ 2.837,31 referente à concessão de verba nos termos do § 1º, art. 2º, da Lei Complementar nº 692/2012). O auditor também faz jus à gratificação de produtividade, que é devida quando a produção mensal do servidor exceder 415 pontos, podendo alcançar o máximo de 830 pontos (artigo 1º, inciso I, da Resolução 33/06-TCER). Cada ponto de produção equivale a R$ 1,78, conforme o artigo 2º da Resolução 33/06-TCER. Assim, o auditor poderá obter até R$1.477,40 a título de produtividade, alcançando remuneração de R$12.961,07
  • Taxa de inscrição: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: ENGENHARIA CIVIL

  • Provas: 20/10/2019
  • Edital: ED_1__2019_TCE_RO_ABERTURA
  • Banca: CESPE / CEBRASPE
  • Vagas: 4
  • Remuneração: R$ 11.483,67 (composição: vencimento básico no valor de R$ 5.940,77, auxílio transporte, no valor de R$ 266,40; auxílio-saúde condicionado, no valor de R$ 291,62; auxílio-saúde direto, no valor de R$ 828,61, e auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.318,96, e R$ 2.837,31 referente à concessão de verba nos termos do § 1º, art. 2º, da Lei Complementar nº 692/2012). O auditor também faz jus à gratificação de produtividade, que é devida quando a produção mensal do servidor exceder 415 pontos, podendo alcançar o máximo de 830 pontos (artigo 1º, inciso I, da Resolução 33/06-TCER). Cada ponto de produção equivale a R$ 1,78, conforme o artigo 2º da Resolução 33/06-TCER. Assim, o auditor poderá obter até R$1.477,40 a título de produtividade, alcançando remuneração de R$12.961,07
  • Taxa de inscrição: R$ 120,00 (cento e vinte reais)

 

Requisitos exigidos no Concurso TCE RO 2019

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Ciências da Computação, Informática ou áreas afins, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: ADMINISTRAÇÃO

  •  diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

 

 AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: DIREITO

  •  diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: ECONOMIA

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Economia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

 

AUDITOR DE CONTROLE EXTERNO – ESPECIALIDADE: ENGENHARIA CIVIL

  • diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

 

Etapas do Concurso TCE RO 2019

 

 

Provas do Concurso TCE RO 2019

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS

As provas objetivas de todos os candidatos do Concurso TCE RO serão corrigidas por meio de processamento eletrônico das folhas de respostas.

A nota em cada questão das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo da prova; 0,00, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo da prova, não haja marcação ou haja marcação dupla.

O cálculo da nota em cada prova objetiva, comum às provas de todos os candidatos, será igual à soma das notas obtidas em todas as questões que a compõem.

Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:

a) obtiver nota inferior a 8,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Básicos P1;

b) obtiver nota inferior a 24,00 pontos na prova objetiva de Conhecimentos Específicos P2;

c) obtiver nota inferior a 40,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

O candidato que se enquadrar no subitem 8.11.4 deste edital não terá classificação alguma no concurso público.

Os candidatos não eliminados na forma do subitem 8.11.4 e do subitem 9.7.2 deste edital serão listados de acordo com os valores decrescentes da nota final nas provas objetivas, que será a soma das notas obtidas nas provas objetivas P1 e P2.

 

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DA PROVA DISCURSIVA

Observada a reserva de vagas para candidatos com deficiência e respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados conforme quadro a seguir: Cargo/ Especialidade Geral Candidatos com deficiência

Cargo 1: Analista de Tecnologia da Informação – Especialidade: Desenvolvimento de Sistemas 30ª 8ª Cargo 2: Auditor de Controle Externo – Especialidade: Administração 22ª 6ª Cargo 3: Auditor de Controle Externo – Especialidade: Ciências Contábeis 22ª 6ª Cargo 4: Auditor de Controle Externo – Especialidade: Direito 22ª 6ª Cargo 5: Auditor de Controle Externo – Especialidade: Economia 22ª 6ª Cargo 6: Auditor de Controle Externo – Especialidade: Engenharia Civil 30ª 8ª

Os candidatos cujas provas discursivas não forem corrigidas na forma do subitem 9.7.1 deste edital estarão automaticamente eliminados e não terão classificação alguma no concurso.

As provas discursivas serão avaliadas quanto ao domínio do conteúdo dos temas abordados — demonstração de conhecimento técnico aplicado —, bem como quanto ao domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa.

A prova discursiva de cada candidato será submetida a duas avaliações: uma avaliação de conteúdo e uma avaliação do domínio da modalidade escrita da Língua Portuguesa.

 

A avaliação de conteúdo do Concurso TCE RO será feita por pelo menos dois examinadores. A nota de conteúdo do candidato será obtida pela média aritmética de duas notas convergentes atribuídas por examinadores distintos.

Duas notas de conteúdo da prova discursiva serão consideradas convergentes se diferirem entre si em até 25% da nota máxima de conteúdo possível na prova discursiva. 9.7.4 Nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota no texto igual a zero.

A prova discursiva valerá 40,00 pontos e será avaliada conforme os critérios a seguir:

  • a) a apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), cuja pontuação máxima será limitada a 40,00 pontos;
  • b) a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos de natureza linguística, tais como grafia, morfossintaxe e propriedade vocabular;
  • c) será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado e(ou) que ultrapassar o número máximo de linhas estabelecido no subitem 9.1 deste edital;
  • d) será calculada, então, a nota na prova discursiva (ND) por meio da seguinte fórmula: ND = NC – 2 × NE ÷ TL, em que TL corresponde ao número de linhas efetivamente escritas pelo candidato na prova;
  • e) será atribuída nota zero ao texto que obtiver ND < 0,00;
  • f) será eliminado do concurso público o candidato que obtiver ND inferior a 20,00 pontos. 9.7.5.1 O candidato que se enquadrar na alínea “f” do subitem 9.7.5 deste edital não terá classificação alguma no concurso.

Será anulada a prova discursiva do candidato que não devolver a sua folha de texto definitivo. 9.7.6.1 O candidato que se enquadrar no subitem 9.7.6 deste edital será eliminado e não terá classificação alguma no concurso

 

AVALIAÇÃO DE TÍTULOS DO CONCURSO TCE RO

Serão convocados para a avaliação de títulos os candidatos que forem considerados recomendados na investigação social.

Os candidatos não convocados para a avaliação de títulos serão eliminados e não terão classificação alguma no concurso.

A avaliação de títulos valerá 10,00 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos apresentados seja superior a esse valor.

Somente serão aceitos os títulos abaixo relacionados, expedidos até a data do envio, observados os limites de pontos do quadro a seguir

 

 


Conheça nossos planos de assinatura. Todos os conteúdos para o concurso em um só lugar

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Holler Box
×

Carrinho

X